Workshow de Mudança de Traste

As indicações para esse serviço são:

  • Desgaste de traste
  • Empeno e torções de escala
  • Falta de precisão na colocação dos trastes
  • Qualidade deficitária dos trastes originais
  • Mudança de tenção e dinâmica de instrumento

É um serviço que engloba o set-up na sua finalização e em alguns casos o verniz de acabamento da escala. O resuldato da mudança de trastes é: aumentar o rendimento do instrumento, melhoria de pegada, melhora da precisão de afinação entre outros posíveis benefícios.

workshow_mudancadetrastes_01

Antes de tudo, conferir o funcionamento mecânico e elétrico do instrumento.

workshow_mudancadetrastes_02

Antes de tudo começar!!!

workshow_mudancadetrastes_03

Tirar os trastes com a ferramenta adequada, para não danificar a escala.

workshow_mudancadetrastes_04

Ajustar o tirante, deixando a escala reta.

workshow_mudancadetrastes_05

Conferir o raio da escala.

workshow_mudancadetrastes_06

Aplainar a escala com a plaina adequada para o raio original da escala ou da preferência do cliente.

workshow_mudancadetrastes_07

Conferir a profundidade do corte da escala, para melhor adaptação do novo traste.

workshow_mudancadetrastes_08

Dar o ângulo ideal na vareta de traste, para haver precisão no encaixe do traste na escala.

workshow_mudancadetrastes_09

Cortar o traste no tamanho ideal para ter margem para acabamento.

workshow_mudancadetrastes_10

Para não cortar o binding, é preciso modelar o traste para encaixar entre as paredes do binding.

workshow_mudancadetrastes_11

Prensar e ajustar com um martelo apropriado para traste.

workshow_mudancadetrastes_12

Colar os trastes.

workshow_mudancadetrastes_13

Processo de colagem.

workshow_mudancadetrastes_14

Tirar as sobras.

workshow_mudancadetrastes_15

Aplainar com a lima as pontas do traste.

workshow_mudancadetrastes_16

Deixar o braço reto e os trastes pré-nivelados.

workshow_mudancadetrastes_17

Pré-acabamento das pontas dos trastes.

workshow_mudancadetrastes_18

Aperfeiçoar o formato das pontas dos trastes.

workshow_mudancadetrastes_19

Limpeza é fundamental.

workshow_mudancadetrastes_20

Limpar os potenciômetros.

workshow_mudancadetrastes_21

Começar a regulagem ajustando a altura da pestana.

workshow_mudancadetrastes_22

Colocar as cordas, afinar e deixar o braço reto.

workshow_mudancadetrastes_23

Ajustar altura dos carrinhos (ação baixa para nivelar os trastes).

workshow_mudancadetrastes_24

Ajustar a profundidade dos cortes da pestana.

workshow_mudancadetrastes_25

Afinar e conferir a passagem de cada nota, analisando o nivelamento dos trastes.

workshow_mudancadetrastes_26

Conferir também a passagem das notas nos bands.

workshow_mudancadetrastes_27

Nivelar o traste onde a nota não passar com clareza e duração.

workshow_mudancadetrastes_28

Ajustar o acabamento do traste onde foi nivelado.

workshow_mudancadetrastes_29

Iniciar o polimento do traste com lixa.

workshow_mudancadetrastes_30

Limpar a cola da escala.

workshow_mudancadetrastes_31

Continuar o polimento com bombril, lembrando que o bombril não pode ser usado na escala caso ela seja clara e com verniz.

workshow_mudancadetrastes_32

Finalizar o polimento das pontas do traste.

workshow_mudancadetrastes_33

Polir os trastes com pasta de polir e hidratar a escala com óleo apropriado.

workshow_mudancadetrastes_34

Colocar as cordas e afinar o instrumento.

workshow_mudancadetrastes_35

Afinar as oitavas.

workshow_mudancadetrastes_36

Pronto!!! Finalizar o Instrumento com a presença do usuário, para regular a altura das cordas, tenção das cordas, volume dos captadores e as oitavas novamente caso haja alguma alteração.

workshow_mudancadetrastes_37

Finalizar na satisfação do instrumentista.

2017-07-25T03:59:35+00:00

About the Author:

Natural do Rio de Janeiro, Rodrigo Nahar iniciou seu contato com a música por volta dos 15 anos de idade, direcionando desde cedo sua trajetória no mundo das artes. Aos 17, conheceu a Wood Instrumentos Musicais, espaço onde se integrou como aprendiz fazendo parte de uma equipe especializada. Teve, desde o início, um contato imediato com todas as grandes marcas, onde inicialmente especializou seu conhecimento na complexidade elétrica dos instrumentos. O que lhe proporciona, hoje, desenvoltura nos mistérios do universo elétrico dos instrumentos de corda. Foram 12 anos de convivência – não só com manutenção – como também produção de instrumentos novos.